O Conselho de Defesa do Estado do Chile (CDE) abriu processo contra quatro bancos nos Estados Unidos, onde o ex-ditador Augusto Pinochet ocultou cerca de 20 milhões de dólares, informou nesta quinta-feira o jornal El Mercurio.

Os processos foram abertos contra a filial do Banco do Chile em Nova York, o Banco Santander, Espiríto Santo e PNC, ex-Banco Riggs, onde foram descobertas as primeiras contas de Pinochet.

Não foi divulgada a quantia pedida como indenização pelo Estado chileno com base nos danos causados à receita pela evasão de impostos.

pa/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.