Santiago do Chile, 5 jan (EFE).- A presidente do Chile, Michelle Bachelet, anunciou hoje um pacote de medidas de mais de US$ 4 bilhões, destinado a estimular o emprego e o crescimento frente aos efeitos da crise global no país.

O pacote, de 11 medidas, inclui um bônus de 40 mil pesos (US$ 62) por família (cônjuges e filhos dependentes) para os setores mais vulneráveis, que favorecerá cerca de 3,7 milhões de pessoas e será pago em março.

Trata-se do oitavo plano que o Governo Bachelet anuncia para estimular a atividade econômica e foi divulgado pela governante por rádio e televisão.

A quantidade de recursos, segundo Bachelet, equivale a 2,8% do Produto Interno Bruto e envolve o aumento adicional do gasto público previsto para este ano, equivalente a 1% do PIB. EFE ns/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.