Santiago do Chile, 7 jul (EFE).- O Chile apresentará oficialmente a candidatura da franco-colombiana Ingrid Betancourt ao Prêmio Nobel da Paz, informou o ministro das Relações Exteriores chileno, Alejandro Foxley, em declarações feitas no Uruguai.

Antes de a carta oficializadora da candidatura ser enviada aos encarregados de escolher o vencedor do prêmio, a indicação de Betancourt, uma idéia da presidente do Chile, Michelle Bachelet, vai ser debatida em consultas regionais, afirmou Foxley.

O apoio à iniciativa "seria uma mensagem de crença na força do espírito humano, uma mensagem de paz e um repúdio definitivo a toda forma de terrorismo no mundo", acrescentou o ministro, que acompanha Bachelet em uma visita oficial iniciada hoje.

Betancourt, libertada na semana passada pelo Exército colombiano depois de mais de seis anos em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), disse nesta segunda, em Paris, que não se sente merecedora do Nobel da Paz.

"O Prêmio Nobel é algo que está muito longe. Não o mereço, não acho que o mereça", ressaltou. EFE ss/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.