Chile diz que 500 mil casas têm estragos graves após tremor

SANTIAGO (Reuters) - Cerca de meio milhão de casas tiveram graves estragos após o terremoto de magnitude 8,8 que atingiu o Chile nesta madrugada, disse a jornalistas a ministra de Habitação, Patricia Poblete. O tremor, um dos mais fortes da história, causou ao menos 147 mortes, tsunami e destruiu casas e pontes, especialmente na região centro-sul do país.

Reuters |

"Temos um cadastro preliminar de que poderíamos ter ao redor de 500.000 casas com danos severos e ao redor de 1,5 milhão de casas afetadas com distintos graus de danos", disse Poblete.

As autoridades declararam parte do país como zona de catástrofe.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG