Chile declara alerta vermelho na área do vulcão Llaima

SANTIAGO (Reuters) - O Chile declarou um alerta vermelho na região do Llaima, na sexta-feira, dias depois de o vulcão ter cuspido lava. O alerta vermelho afeta um região de baixa densidade populacional -- cerca de 40 pessoas --, localizada no sopé do vulcão, um dos mais ativos da América do Sul.

Reuters |

O Llaima, que conta com neve em seu pico e fica perto de uma turística região de lagos do Chile, entrou em erupção violentamente no Ano Novo, obrigando à retirada de alguns turistas da região e de moradores do Parque Nacional Conguillio, onde fica o vulcão. Depois, soltou cinzas e lava em fevereiro. O vulcão de 3.125 metros de altitude fica cerca de 700 quilômetros ao sul de Santiago (capital).

O Llaima voltou a entrar em atividade depois de um outro vulcão chileno, o Chaitén, localizado 1.200 quilômetros ao sul de Santiago, ter começado a entrar em erupção no dia 2 de maio, pela primeira vez em milhares de anos, soltando cinzas, gases e rocha fundida.

(Reportagem de Rodrigo Martinez)

Leia mais sobre: vulcão

    Leia tudo sobre: vulcão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG