Chile: aprovação de Bachelet bate recorde em dezembro com 81%

A popularidade da presidente do Chile, Michelle Bachelet, encerrou 2009 com um novo recorde de aprovação de 81%, quatro pontos a mais que em novembro, revelou uma pesquisa mensal publicada nesta quinta-feira.

AFP |

"Dezembro, mês marcado pelo primeiro turno das eleições presidenciais e legislativas, não afetou os altos níveis de aprovação que a presidente Michelle Bachelet tem recebido nos últimos meses. Ela alcança 81% de aprovação, o melhor nível nesta série mensal", apontou o estudo do instituto privado Adimark.

"A presidente se encaminha assim para terminar sua gestão com níveis de aprovação recorde, nunca vistos na história política do Chile", destacou.

Bachelet, primeira mulher presidente do Chile, assumiu em 2006. No dia 11 de março, passará a faixa presidencial para o vencedor do segundo turno das eleições, que será disputado por Eduardo Frei (governista) e pelo empresário Sebastián Piñera (direita) - favorito, segundo as últimas pesquisas.

A Adimark realizou sua pesquisa por telefone com 1.103 pessoas em todo o Chile, entre os dias 4 e 30 de dezembro de 2009, com uma margem de erro de 3%.

O segundo turno das eleições presidenciais chilenas acontecerá no dia 17 de janeiro.

gam/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG