Chicago quer colher frutos com vitória de filho ilustre

O dia começa com a mistura do Obama do Caffé Café, cujo sabor é indicado para aqueles em busca de mudança e que oferece um produto que nos deixou a todos empolgados, como afirma o menu. Em seguida, o destino é a academia East River Block, onde o senador democrata costuma malhar.

BBC Brasil |

É hora do almoço e a pedida é o MacArthur's, onde Obama costuma saborear quitutes do sul dos Estados Unidos, como coxas de peru ao molho.

No fim da tarde, a opção é aparar o cabelo no salão favorito do candidato, o Smitty's, cujo barbeiro já se cansou de dar entrevistas às redes de TV nos últimos dias.

Pouco depois, a pedida é comprar um livro na livraria favorita do casal Obama, a 57th Books, e de lá seguir para a pizzaria Medici, onde as garçonetes já alardeiam em suas camisetas a preferência do freqüentador famoso, com a frase ''Obama Come Aqui''.

Com a chegada de Barack Obama à Casa Branca, a agência de turismo Chicago Trolley Tours, que promove visitas guiadas a marcos turísticos da cidade, promete tornar esse roteiro oficial.

Os representantes da Chicago Trolley Tours já disseram que um ''Obama tour'' está nos planos da empresa.

Diplomaticamente, os representantes do Comitê Olímpico de Chicago, candidata a sediar os Jogos de 2016, têm evitado, em entrevistas para a imprensa local, parecer ter uma preferência por um candidato, mas reconhecem que uma conquista do democrata poderia ser um chamariz adicional para a candidatura da cidade.

Vizinho ilustre

Mesmo com a reviravolta em suas vidas, os vizinhos de Obama, no afluente bairro de Hyde Park, na região leste da cidade, não se queixam da mudança.

Policiais e agentes de serviço secreto montaram barreiras e monitoram durante 24 horas a rua em que vive o democrata.

O advogado Larry White, que conheceu Obama quando os dois ainda eram colegas de profissão, afirmou que a enorme atenção da mídia e o aparato de segurança não incomodam os vizinhos - até porque praticamente todos na região apóiam Obama, como deixam claros os cartazes nos jardins da frente de diferentes residências.

''É preciso muito esforço para encontrar alguém por aqui com um cartaz de McCain. E quem colocar... bem, eu não garanto que ele ainda esteja lá no outro dia'', comentou.

Segundo White, Obama é um membro ativo da comunidade. Mesmo agora, nos últimos dias da campanha, levou suas duas filhas para bater de porta em porta na casa dos vizinhos para pedir doces durante o Halloween, o Dia das Bruxas.

White afirma que não é surpresa que Obama tenha escolhido a região para viver, por esta ser uma área ''bem diversificada, com tanto brancos como negros, e uma área progressista, capaz de abrigar alguém com a visão de mundo dele''.

O advogado brinca, dizendo que ''numa hora em que os preços dos imóveis estão despencando em todo o país, ter o próximo presidente dos Estados Unidos como seu vizinho não é um mau negócio caso você queira revender sua propriedade''.

Mas talvez, em vez de se desfazer de um imóvel na valorizada região, seja mais negócio cobrar ingresso para realizar visitas guiadas às residências locais. Desde que, é claro, elas tragam uma vista privilegiada para a casa de Barack Obama.

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG