Chevron corta produção de petróleo na Nigéria após ataque

ABUJA (Reuters) - A Chevron disse neste sábado que foi forçada a cancelar a produção de 20.000 barris de petróleo por dia na Nigéria, um dia após fontes de segurança terem dito que homens armados atacaram um oleoduto da empresa. A Chevron Nigeria Limited ... confirma que houve uma ruptura em seu oleoduto Makaraba-Utonana no Estado Delta, na Nigéria, na sexta-feira, afirmou a maior produtora de petróleo dos Estados Unidos, acrescentando que os danos causados forçaram uma queda de produção de 20.000 barris por dia.

Reuters |

Fontes de segurança disseram à Reuters na sexta-feira que homens armados no delta do Níger atacaram o oleoduto Makaraba, que esteve vulnerável a sabotagens no passado.

O oleoduto foi atacado pela última vez pelo MEND (Movimento de Emancipação do Delta do Níger), o maior grupo militante do país africano, em junho de 2009.

Um porta-voz do MEND afirmou que o grupo apoiou o ataque de sexta-feira, mas não estava envolvido. "O ataque expõe a contínua vulnerabilidade na infraestrutura da indústria do petróleo e a determinação do povo do Delta do Níger de lutar pela sua terra," disse.

(Reportagem de Randy Fabi)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG