Cherie Blair suspende atividades por suspeita da gripe

Londres, 16 jul (EFE).- Cherie Blair, a esposa do ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair, suspendeu os atos públicos que tinha previstos, por temer que tenha contraído a gripe suína.

EFE |

Segundo a agência de notícias "PA" informou hoje, Cherie mostrou os primeiros sintomas na terça-feira e os médicos lhe disseram que pode ter sido infectada, o que não foi confirmado, à espera de saber os exames clínicos realizados.

Nem o ex-primeiro-ministro nem nenhum dos quatro filhos do casal tiveram sintomas, segundo esta informação.

Cherie, que devia ter recebido hoje um doutorado honorífico na Liverpool Hope University, recebeu um tratamento com Tamiflu e os médicos disseram que repousasse.

Ela também teve que suspender um churrasco que tinha organizado com os empregados de seu escritório de advogados para evitar um possível contágio.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE fpb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG