Cheney sofre arritmia cardíaca e cancela ato de campanha

Washington, 15 out (EFE).- O vice-presidente americano, Dick Cheney, sofreu hoje uma arritmia cardíaca que o obrigou a cancelar um ato de campanha em Illinois, e será submetido ainda hoje a um procedimento para restaurar a normalidade de seus latidos, informou sua porta-voz, Megan Mitchell.

EFE |

Cheney, que tem um longo histórico de problemas cardíacos desde que tinha pouco mais de 30 anos, visitou hoje os médicos, que detectaram uma recorrência da fibrilação auricular que o vice-presidente já tinha apresentado antes.

A fibrilação auricular é um ritmo cardíaco anormal que ocorre nas aurículas e que pode requerer, como foi o caso em outras ocasiões, um pequeno procedimento para restaurar a normalidade dos batimentos.

Este procedimento será feito hoje mesmo no hospital da Universidade George Washington, onde normalmente Cheney trata seus problemas cardíacos. EFE mla/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG