Cheney ordenou que a CIA ocultasse programa antiterrorismo

O ex-vice-presidente americano Dick Cheney (2001-2009) ordenou à Agência Central de Inteligência (CIA) que ocultasse do Congresso durante oito anos informações sobre um programa antiterrorismo, informou neste sábado o jornal The New York Times.

Redação com Reuters |

Membros do serviço de inteligência e congressistas revelaram ao jornal que a CIA deu início aos trabalhos após os ataques de 11 de setembro, mas eles nunca teriam entrado em fase operacional e também não fazia parte da rotina da agência. Perguntado sobre a reportagem do NY Times, um porta-voz do órgão disse que não é parte da rotina comentar o conteúdo de arquivos secretos.

Por meio de duas fontes não identificadas, a publicação afirma que Leon Panetta -- nomeado diretor da agência por Obama no começo do ano -- interrompeu o programa tão logo tomou conta de sua existência em 23 de junho.

Durante o governo George W. Bush, Cheney defendeu o uso de métodos controversos para interrogatórios de suspeitos de terrorismo, dentre os quais está o "submarino", uma simulação de afogamento. Após o término do mandato, Cheney tem se tornado ferrenho crítico da política de segurança nacional imposta por Obama.

Panetta, por outro lado, promete não torturar suspeitos e nem mesmo enviá-los a países que se utlizam de tal prática. No entanto, a agência continua a receber críticas sobre a falta de informação sobre planos secretos.

Temores de que a CIA ocultou informações-chave do Congresso foram reacesos em Maio, quando a presidente da Câmara, Nancy Pelosi (democrata), acusou a agência de não ter revelado, em 2002, que estava usando a referida prática de "submarino" contra suspeitos. Panetta, no entanto, recusou-se a admitir tal procedimento.

A lei norte-americana determina que o presidente deve manter as comissões do Congresso informadas com frequência sobre as atividades de inteligência, incluindo o planejamento de ações relativas à área. Porém, o governo tem se utitlizado de margem de manobra para soltar tais informações;


Leia mais sobre Dick Cheney

    Leia tudo sobre: ciadick cheneyeuageorge bushterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG