Cheney adverte para possíveis ataques nos EUA

Washington, 4 fev (EFE).- O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Dick Cheney advertiu que há uma probabilidade muito grande de terroristas tentarem perpetrar um ataque nuclear ou biológico nos próximos anos no país, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Em uma entrevista ao diário "Político", Cheney disse que "teme que as políticas do Governo de (Barack) Obama aumentem as probabilidades de um ataque bem-sucedido".

Além disso, defendeu a política do ex-presidente George W. Bush de prender centenas de supostos terroristas na base naval americana de Guantánamo (Cuba) e de aplicar "métodos coercitivos" nos interrogatórios de suspeitos.

Cheney disse que Obama precisa abandonar seu repúdio a esses métodos, ou vai colocar o país em riscos mais graves que "os que a maioria dos americanos e os próprios membros da equipe do presidente compreendem".

A proteção dos Estados Unidos, assinalou Cheney, "é um trabalho rude, violento, sujo e asqueroso (...) Não ganharemos esta luta oferecendo o outro lado da nossa face", acrescentou. EFE jab/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG