Chelsea demite Luiz Felipe Scolari

O técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari foi demitido nesta segunda-feira do posto de treinador do Chelsea, oito meses após assumir o cargo. Um comunicado divulgado pelo clube inglês afirma que o brasileiro trouxe muito de positivo desde que chegou e todos lamentamos o fato de que nossa relação terminou tão cedo.

BBC Brasil |

"Infelizmente, os resultados e o desempenho do time parecem estar se deteriorando em um momento crucial da temporada. Para que continuemos com condições de vencer os troféus que disputamos, sentimos que a única opção seria fazer a mudança agora. A busca pelo novo técnico já começou e esperamos ter alguém o mais cedo possível." O treinador assistente Ray Wilkins assume a equipe interinamente.

O italiano Gianfrancesco Zola, ex-ídolo do clube como jogador e que treina atualmente o também inglês West Ham, foi citado pela imprensa do país como um dos cotados para substituir Scolari.

O Chelsea ocupa a quarta colocação no campeonato inglês, sete pontos atrás do líder Manchester United.

Scolari assumiu o comando do Chelsea em julho, quando deixou o cargo de técnico de Portugal.

Após começar bem no campeonato inglês, o Chelsea com o comando do brasileiro entrou em má fase, saindo da liderança do torneio, além de apresentar desempenhos abaixo do esperado contra outros grandes times da competição.

O retrospecto do técnico brasileiro vinha sendo considerado pior que o de seus antecessores, Avram Grant e José Mourinho.

O empate sem gols contra o modesto Hull City, no sábado, foi o último jogo do Chelsea de Scolari.

Antes de levar Portugal às semifinais da Copa de 2006 e da Eurocopa de 2004, Scolari foi campeão do mundo à frente do Brasil, na Copa de 2002.

O brasileiro foi duas vezes campeão da Copa Libertadores da América, dirigindo o Palmeiras (1999) e o Grêmio (1995).

    Leia tudo sobre: felipão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG