Chegam a Moscou primeiros parentes das vítimas de avião presidencial polonês

Moscou, 10 abr (EFE).- O primeiro voo com parentes das vítimas no acidente aéreo no qual morreu hoje o presidente polonês, Lech Kaczynski, aterrisou nas últimas horas da tarde ao aeroporto de Sheremetyevo, em Moscou.

EFE |

Um segundo voo chegará às 23h45 de Moscou (16h45 de Brasília) ao mesmo aeroporto, procedente de Varsóvia, enquanto um terceiro avião chegará no domingo, informou um porta-voz do centro de crise na capital russa, que não soube precisar quantos familiares ainda estão por chegar.

"Os parentes são recebidos no aeroporto por representantes do centro de crise", acrescentaram as fontes, citadas pela agência oficial "Itar-Tass".

De Smolensk, onde ocorreu o acidente, o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, informou que as autoridades russas assumem as despesas de alojamento dos parentes das vítimas.

Um grupo de psicólogos prestará assistência aos familiares das vítimas nos hotéis, na necrotério e nos aeroportos de Sheremetyevo e Domodedovo.

O ministro de Situações de Emergência, Serguei Shoigu, indicou que "todos os corpos foram encontrados e já foi iniciado o transporte deles para Moscou".

Um grupo especial do Ministério de Situações de Emergência receberá no aeroporto de Domodedovo os corpos das vítimas. EFE egw/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG