Chegam a Madri 56 espanhóis que estavam em Mumbai

Madri, 28 nov (EFE).- Chegaram hoje a Madri 56 cidadãos espanhóis evacuados da cidade indiana de Mumbai (ex-Bombaim), enquanto o chanceler Miguel Ángel Moratinos anunciou, para o próximo sábado, o retorno à Espanha de várias outras pessoas após os atentados terroristas do último dia 26.

EFE |

O chanceler e a governante regional de Madri, Esperanza Aguirre foram até as escadas do avião da Força Aérea Espanhola para receber essas 56 pessoas, que se encontravam na quarta-feira em Mumbai durante as ações terroristas que causaram a morte de mais de 140 pessoas.

Aguirre e uma grande delegação do Governo regional e de empresários se encontravam em um hotel de Mumbai no momento dos ataques terroristas e, nessa mesma noite, uma parte deles, incluindo Aguirre, conseguiram deixar o país.

Entre as 56 pessoas chegadas hoje estavam os membros da delegação de Madri que não conseguiram deixar Mumbai no dia 26.

Pouco antes que o avião aterrissasse, Moratinos expressou sua satisfação com a chegada deste primeiro grupo de espanhóis e pela libertação, hoje, a salvo, de dois empresários que ainda estavam retidos no hotel Oberoi de Mumbai.

O ministro informou que os demais espanhóis que ainda permanecem em Mumbai sairão na noite de hoje para Paris em um avião fretado pela França, que ocupa a Presidência da União Européia (UE). EFE ea/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG