Os corpos de dois militares espanhóis mortos em um ataque suicida ao sul de Herat, no oeste do Afeganistão, chegaram na madrugada desta terça-feira ao aeroporto militar de Santiago de Compostela, no noroeste da Espanha.

O avião da Força Aérea espanhola chegou à 00h30 local e os corpos foram recebidos pela vice-presidente do governo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega, pelo presidente regional da Galícia, Emilio Pérez Touriño, e por familiares dos militares mortos.

O aparelho trouxe ainda três dos quatro militares espanhóis feridos no atentado, que matou o cabo Rubén Alonso Ríos e o suboficial Juan Andrés Suárez García, ambos da Brigada de Infantaria Ligeira Aerotransportada.

Rubén Alonso Ríos e Juan Andrés Suárez García morreram no domingo, quando um suicida jogou um furgão carregado de explosivos contra o blindado no qual viajavam, em um comboio da Força de Assistência à Segurança da Otan, no distrito de Sindhand.

pho/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.