Chegam a 70 os mortos pela gripe no México

México, 18 mai (EFE).- O número de mortes confirmadas no México em decorrência da gripe suína subiu para 70, duas a mais que as ocorrências registradas até sábado, e os contágios aumentaram de 3.

EFE |

102 para 3.576, embora a evolução da epidemia "siga a tendência descendente", informou hoje a Secretaria de Saúde mexicana.

Em comunicado, o ministério informou que as duas novas mortes confirmadas ocorreram em 19 de abril e 13 de maio, ambas na capital mexicana.

Das 70 vítimas fatais, só em seis dos casos os sintomas foram apresentados após 23 de abril, quando foi anunciado oficialmente o surto da gripe, explicou.

Até domingo à noite, continuou o ministério, o número de contágios representava 26,6% do total das amostras processadas, e destacou que "os casos seguem em baixa".

O país com maior número de contágios, até agora, são os Estados Unidos, com 4.714 casos, o que representa 51% do total mundial, disse a fonte.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE gt/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG