Chegam a 39 casos confirmados da gripe no Panamá

Panamá, 13 mai (EFE).- As autoridades de Saúde panamenhas reportaram hoje dez novos casos da gripe suína, com o que o número de infectados subiu para 39, sem que o país tenha registrado mortes até agora.

EFE |

O Ministério da Saúde (Minsa) emitiu um comunicado que atesta os 39 casos confirmados do vírus AH1N1, e explicou que outras 25 amostras de laboratório ainda devem ser analisadas.

Dos 39 casos confirmados, 20 são de homens e 19 de mulheres.

Além disso, 25 têm menos de 15 anos e 11 estão na faixa de 20 e 44 anos, acrescentou, sem dizer a idade dos outros três.

Dois pacientes permanecem hospitalizados, enquanto os demais se encontram isolados em casa sob a supervisão do pessoal do ministério, segundo a nota.

Também hoje, 300 doses de vacinas contra a gripe foram roubadas de um centro de saúde na comunidade de Tocumen, na periferia leste da capital do Panamá, informaram fontes médicas.

Apesar do nome, a doença não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE fa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG