Chegam a 21 mortes causadas pela gripe na Tailândia

Bangcoc, 13 jul (EFE).- As autoridades de saúde da Tailândia anunciaram hoje outras três mortes por causa do vírus AH1N1, com o que o número de vítimas fatais chega já a 21.

EFE |

Duas das vítimas foram mulheres, uma de Bangcoc e outra de Sakhon Nakon, e a terceira um menino de 19 anos da província de Nakhon Se Thamarat, informou, em comunicado, o Ministério da Saúde.

Estas três mortes foram anunciadas um dia depois que o primeiro-ministro, Abhisit Vejjajiva, alertou que o número de casos de gripe suína chegará a cerca de 100 mil no prazo de um mês.

Os dados oficiais indicam que, até o momento, foram detectados cerca de 3.600 casos na Tailândia, o país do Sudeste Asiático no qual a gripe suína tem maior incidência.

Em resposta, o Governo deve aprovar esta semana várias verbas de fundos para financiar diversas medidas de prevenção.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE grc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG