Chegam a 20 os mortos no México por gripe suína

México, 24 abr (EFE).- Subiu para 20 o número de mortos pelo surto de gripe suína no México pelo secretário (ministro) da Saúde, José Ángel Córdova.

EFE |

Somente na Cidade do México e no Estado do México -vizinho à capital-, 68 mortes com sintomas semelhantes foram registrados nas últimas 20 horas, mas até agora somente 20 casos como sendo da doença.

Córdova, disse ao canal "Televisa" que, ao todo, há 943 casos "suspeitos" de pacientes doentes hospitalizados e que apresentam sintomas parecidos de infecção nas vias respiratórias.

Segundo a imprensa local, a suspensão das aulas na Cidade do México, onde vivem cerca de 18 milhões de pessoas, e do Estado do México, cuja capital é Toluca, afetará 7,5 milhões de estudantes e 420 mil professores de 30 mil escolas.

Grande parte das atividades culturais deste fim de semana também foi cancelada hoje na capital mexicana e em seus arredores até que haja novo aviso, devido ao alto índice de contágio.

O Museu Dolores Olmedo, que guarda a maior coleção de obra dos pintores Frida Kahlo e Diego Rivera, permanecerá fechado pelo menos até a terça-feira.

Os sintomas de gripe suína são febre superior a 39 graus -que surge repentinamente-, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e nas articulações, irritação nos olhos e coriza. EFE gt/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG