Tamanho do texto

Pequim - Mais de 170 mil pessoas foram evacuadas nas províncias litorâneas chinesas de Zhejiang e Fujian (sudeste) diante da iminente chegada do tufão Sinlaku, o pior que este ano castigará o sul do país, informou hoje a agência oficial de notícias Xinhua.

O departamento de controle de inundações de Zhejiang advertiu que o tufão, 13º que chega à China este verão, pode causar "graves desastres geológicos" e afetar grandes cidades da região como Ningbo, Taizhou e Wenzhou, onde se estabeleceu o máximo nível de alerta.

Dezenas de milhares de navios pesqueiros das duas províncias mencionadas foram ordenados a permanecer nos portos, à espera que o tufão passe pela região, onde se espera receber chuvas torrenciais e ventos de furacão durante pelo menos dois dias.

Leia mais sobre: tufão