Gaza, 20 mai (EFE).- Com a morte de um miliciano hoje por fogo do Exército israelense no bairro de Zeitoun, do sudeste da Cidade de Gaza, aumenta para três o número de palestinos mortos hoje em ações de Israel neste território.

Gaza, 20 mai (EFE).- Com a morte de um miliciano hoje por fogo do Exército israelense no bairro de Zeitoun, do sudeste da Cidade de Gaza, aumenta para três o número de palestinos mortos hoje em ações de Israel neste território.

O morto era um miliciano do Hamas de 26 anos, que morreu após ser atingido por tiros de tanques israelenses, informou Moawiya Hasanín, chefe do serviço de emergência do Ministério da Saúde na Faixa de Gaza.

Um porta-voz do Exército confirmou à Agência Efe que suas tropas estão operando na Faixa de Gaza, onde aconteceram hoje vários ataques aéreos.

Outro miliciano, neste caso da Jihad Islâmica, morreu esta manhã por causa dos bombardeios aéreos, nos quais também morreu horas antes uma criança palestina.

O adolescente, de 13 anos, acabou morto e outros dois civis foram feridos em um ataque da aviação israelense contra uma área próxima ao campo de refugiados de Jabalya.

O episódio aconteceu pouco após os milicianos palestinos atirarem dois projéteis contra povoações do sul de Israel, um dos quais atingiu as proximidades de uma cooperativa rural, informou a rádio pública de Israel.

Uma porta-voz militar israelense confirmou o ataque e disse que o mesmo teve como alvo um grupo de milicianos que lançaram foguetes contra seu país. EFE sa'ar/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.