Rio de Janeiro, 24 nov (EFE).- Chegou a 46 o número de mortes causadas pelas chuvas desde sexta-feira m Santa Catarina, estado mais afetado pelo temporal.

As chuvas deixaram também mais de 20 mil desabrigados, até agora, principalmente no norte do estado e no Vale de Itajaí, segundo a Defesa Civil.

O município mais afetado é Blumenau, onde 13 pessoas morreram, e cujo prefeito, João Kleinübing, decretou ontem à noite estado de calamidade pública.

Além de Blumenau, nove pessoas morreram em Ilhota, sete em Jaraguá do Sul, quatro em Luiz Alves, quatro em Rodeio, dois em Rancho Queimado, dois em Benedito Novo e um em Pomerode, Brusque, Gaspar, Garuva e Bom Jardim da Serra, segundo a Defesa Civil.

As inundações e deslizamentos de terra causados pelas chuvas também afetaram o tráfico.

Um deslizamento bloqueou a estrada que une a Santa Catarina ao Rio Grande do Sul e as autoridades temem que haja veículos soterrados.

No sábado, o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, decretou a "situação de emergência" para poder dispor de verba extraordinária no combate às conseqüências das chuvas, e o mesmo fizeram os prefeitos de 53 cidades. EFE joc/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.