Chega a 45 o número de mortos após atentado no Paquistão

Ato suicida ocorreu junto a escritórios governamentais na conflituosa região tribal paquistanesa de Mohmand

EFE |

ISLAMABAD - Pelo menos 45 pessoas morreram e cerca de 100 ficaram feridas em um atentado suicida ocorrido junto a escritórios governamentais na conflituosa região tribal paquistanesa de Mohmand, informou uma fonte oficial à rede televisiva "Dawn TV".

Segundo outros canais de televisão, que não especificaram suas fontes, o número de mortos no ataque ainda não é exato. A explosão aconteceu por volta das 10h locais (2h em Brasília), em uma área comercial da localidade de Yakaghand da demarcação, situada na fronteira com o Afeganistão.

Vários edifícios, lojas e veículos foram atingidos pela explosão, enquanto as forças de segurança isolaram a zona, de acordo com a versão de diversos veículos de comunicação paquistaneses.

Os feridos, muitos deles em estado crítico, foram levados por ambulâncias a hospitais da cidade de Peshawar, capital da província vizinha de Pakhtunkhwa, devido à ausência de bons centros médicos na zona.

As forças de segurança paquistanesas lançaram no verão de 2008 uma grande operação contra a insurgência talibã na região, mas os fatos violentos seguem acontecendo com frequência.

Mais de 3 mil pessoas morreram em atentados terroristas em 2009 no país, segundo relatório do Instituto do Paquistão para Estudos de Paz.

* Com EFE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG