Dezenas de povoados seguem bloqueados, após a queda de pontes e estradas

As autoridades das Filipinas informaram nesta quarta-feira que chegou a 40 o número de mortos pelas inundações que atingem há duas semanas o leste e o sul do arquipélago.

Sete corpos entre eles os de três crianças foram encontrados na terça-feira na ilha de Samar, no sudeste da capital Manila, segundo o último balanço do Conselho Nacional de Coordenação de Desastres.

Todos os sete morreram afogados, e outras oito pessoas ficaram feridas após uma parede de água de três metros de altura ter danificado centenas de casas, derrubado pontes e bloqueado estradas, isolando dezenas de povoados.

Desde o início das chuvas torrenciais, as regiões mais devastadas foram o norte da ilha de Mindanao, o leste das Visayas e Bicol, no extremo oriental de Luzon.

Foto de 3 de janeiro mostra correnteza das águas das chuvas no sul das Filipinas
AP
Foto de 3 de janeiro mostra correnteza das águas das chuvas no sul das Filipinas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.