Chega a 40 número de mortos devido a temporal na Ilha da Madeira, em Portugal

LISBOA - O Governo regional da Ilha da Madeira, território de Portugal, anunciou neste domingo que o número de mortos por causa do temporal que castigou o arquipélago no sábado chegou a 40 e admitiu que poderia haver mais vítimas fatais.

iG São Paulo |


Poderosas correntes de água e lama invadiram ruas da capital da Madeira, Funchal, e arrastaram carros e árvores. De acordo com o governo regional de Madeira, pelo menos 101 pessoas ficaram feridas em consequência dos temporais. No total, 250 pessoas estão desabrigadas.

AFP

Chuva forte causou estragos no arquipélago

Funchal sofre com inundações e deslizamentos de terra. Na capital, que fica na costa sul da ilha, vivem 100 mil dos 250 mil habitantes do arquipélago.

O primeiro-ministro José Sócrates expressou sua "profunda comoção" pela magnitude do desastre. Sócrates ofereceu "toda a ajuda de que o Governo regional precisar para que a Madeira inicie imediatamente os trabalhos de recuperação". As autoridades portuguesas prometeram organizar o envio de ajuda para a região autônoma.

O Serviço Nacional de Meteorologia disse que desde 1969 não chovia com tanta intensidade na Ilha da Madeira. Para os próximos dias, estão previstas chuvas moderadas na região.

*Com informações das agências EFE, AFP e Reuters

Leia mais sobre: Portugal

    Leia tudo sobre: chuvachuvasportugal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG