Chega a 34 número de mortos em incêndios florestais na Rússia

Cerca de 7 mil focos de fogo devoram 128 mil hectares na parte ocidental do país, segundo autoridades russas

iG São Paulo |

O número de mortos nos incêndios florestais que afetam várias regiões da Rússia, e devoraram mais de 550 mil hectares de floresta, já chega a 34 na parte ocidental do país, onde a excepcional onda de calor começou há um mês e não tem previsão de acabar.

"Segundo os últimos dados, os incêndios deixaram 34 mortos", assinalou o diretor do Centro Nacional de Gestão de Situações de Crise desse Ministério de Situações de Emergência, Vladimir Stepanov, citado pela agência "RIA Novosti".

Ele disse que neste momento há cerca de 7 mil focos de fogo em todo o país e acrescentou que os soldados de Emergência conseguiram salvar 265 localidades das chamas. A capital russa amanheceu novamente coberta por um manto de fumaça por causa dos incêndios na Província de Moscou.

O primeiro-ministro Vladimir Putin convocou nesta segunda-feira, em Moscou, os governadores das regiões devastadas pelo fogo para discutir os esforços destinados a limitar a magnitude do desastre e ajudar as pessoas atingidas.

As autoridades russas asseguram, no entanto, que desde domingo a situação melhora pouco a pouco, apesar de o fogo continuar devastando mais de 128 mil hectares na parte ocidental do país, em particular nas regiões de Nishni-Novgorod (450 km a leste de Moscou) e Voronesh (600 km a sudeste da capital).

*Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: rússiaincêndio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG