Chega a 13.116 o número de mortos por terremoto no Japão

Outras 14.377 continuam desaparecidas, segundo as autoridades japonesas

EFE |

O número de mortos por causa do terremoto e do tsunami ocorrido há um mês no nordeste do Japão aumentou para 13.116 enquanto outras 14.377 cointinuam desaparecidas, segundo a última apuração da Polícia japonesa.

Além disso, em 2.350 refúgios 147 mil pessoas continuam evacuadas, provenientes em sua maioria das províncias de Miyagi, Iwate e Fukushima, as mais afetadas pelo desastre do dia 11 de março.

Nas zonas litorâneas destas províncias soldados das Forças japonesas de Autodefesa e militares dos Estados Unidos realizaram neste domingo uma nova busca intensiva e recuperaram 99 corpos, enquanto a Guarda Litorânea achou outros quatro, informou a agência local "Kyodo".

Os trabalhos de busca de vítimas se estenderam na quinta-feira passada à zona de exclusão de 20 quilômetros ao redor da usina nuclear de Fukushima Daiichi, evacuada a pedido do Governo pouco depois da catástrofe perante o aumento do nível de radiação.

O porta-voz do Governo, Yukio Edano, assegurou que o risco de acontecer grandes vazamentos de radioatividade na usina é "consideravelmente menor", após um mês de trabalhos para tentar esfriar os quatro reatores que apresentam problemas.

    Leia tudo sobre: JAPÃOTERREMOTO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG