Chefes militares de EUA e Rússia tentam retomar relações

Helsinque, 21 out (EFE).- Os chefes das Forças Armadas dos EUA, almirante Mike Mullen, e do Estado-Maior do Exército russo, Nikolai Makárov, reuniram-se hoje nos arredores da capital finlandesa Helsinque para tentar retomar as relações bilaterais entre as duas potências.

EFE |

A reunião, a primeira entre os dois chefes militares desde a nomeação de Makárov, em junho, ocorreu em absoluta privacidade por expresso desejo de ambas as partes, declarou à agência Efe Kimberley Hargan, porta-voz de imprensa da embaixada dos EUA em Helsinque.

"O almirante Mullen e o general Makárov conversaram sobre vários assuntos de interesse mútuo, entre eles a situação atual na Geórgia e o futuro da Otan", assinalou Hargan.

Segundo o porta-voz americano, o encontro ocorreu em ambiente "cordial e franco" e os chefes militares se comprometeram a seguir dialogando no futuro para reativar as relações bilaterais.

O chefe das Forças Armadas americanas deixou a Finlândia após a reunião sem revelar maiores detalhes sobre o resultado da mesma, embora deva divulgar um comunicado de imprensa nas próximas horas.

As relações entre EUA e Rússia encontram-se muito deterioradas desde que Washington anunciou sua intenção de implantar um sistema de defesa antimísseis no leste europeu.

Moscou manifestou total oposição à instalação do escudo antimísseis americano na Polônia e na República Tcheca, por considerar que estes constituem uma ameaça direta contra sua segurança nacional.

As relações pioraram ainda mais após a intervenção militar russa na Geórgia, em conseqüência do ataque das tropas georgianas aos separatistas pró-russos da Ossétia do Sul. EFE jg/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG