Chefes da diplomacia da UE e da Ásia condenam teste norte-coreano

Os ministros das Relações Exteriores da União Europeia (UE) e da Ásia, que participam em Hanói em uma reunião da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), condenaram o teste nuclear da Coreia do Norte e exigiram a Pyongyang que não realize outros.

AFP |

"Mantendo presente a necessidade de preservar a paz e a estabilidade na região e o regime internacional de não proliferação, os ministros condenam o teste nuclear subterrâneo realizado pela República Democrática e Popular da Coreia (RDPC) em 25 de maio", afirma um comunicado assinado pelos ministros.

"O teste constitui uma violação clara das resoluções e decisões do Conselho de Segurança das Nações Unidas", completa.

"Os ministros urgem a República Democrática e Popular da Coreia a não realizar nenhum teste adicional e a respeitar plenamente as resoluções e decisões do Conselho de Segurança".

Os ministros da UE, da ASEAN e de outros seis países asiáticos - China, Coreia do Sul, Índia, Japão, Paquistão e Mongólia - participam em Hanói em uma reunião UE-Ásia, que a princípio seria dedicada à crise financeira internacional.

aud/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG