Chefe técnico confirma resgate de mineiros chilenos em novembro

Citando fonte anônima do governo, jornal chileno afirmou que resgate poderia ocorrer em outubro

iG São Paulo |

O chefe técnico do resgate dos 33 mineiros presos em uma jazida no norte do Chile, André Sougarret, disse que o resgate dos trabalhadores será em novembro, ao ser consultado sobre uma nota na imprensa que dava como data da operação meados de outubro.

AP
Trabalhadores são vistos em perfuradora usada no Plano C, a terceira opção de resgate de 33 mineiros presos em jazida do Chile desde 5 de agosto (19/09/10)

"Sempre falamos dos primeiros dias de novembro. É preciso lembrar que ainda resta uma série de operações adicionais à perfuração, como o entubamento e o processo de içamento das pessoas; portanto (o resgate será) nos primeiros dias de novembro, manteremos esta data", disse Sougarret.

O jornal El Mercurio, citando uma alta fonte do governo não identificada, destacou esta terça-feira que há grandes possibilidades de que o resgate dos mineiros seja realizado em meados de outubro.

"Desconheço de onde provém a informação. A única fonte que eu tenho são os indicadores técnicos que nós temos", disse o engenheiro, confrontado com a informação.

O grupo de 33 mineiros está preso desde 5 de agosto na minha San José, 800 km ao norte de Santiago, e se encontra a 700 metros de profundidade.

Otimismo

O maior otimismo na operação de resgate dos operários surgiu depois que a máquina perfuradora de petróleo da estatal ENAP, usada no Plano C de resgate, atravessou na segunda-feira cerca de 23 metros em apenas quatro horas.

No entanto, o serviço foi interrompido para o reforço do trajeto antes de dar prosseguimento à perfuração, disseram especialistas.

"Quando perfurarmos os primeiros 200 metros estarei em condições de dizer mais ou menos o tempo estimado", disse Juan Carlos Marin, um trabalhador argentino da empresa responsável pelas perfurações da máquina petroleira. "Tomara, tomara que, se continuarmos assim, em sete dias terminemos, não?", acrescentou, ao ser consultado sobre o ritmo de trabalho alcançado em quatro horas.

O governo, que originalmente estimava a conclusão do resgate entre novembro e dezembro, está "esperançoso" de que os trabalhos sejam concluídos antes do previsto, disse o presidente chileno, Sebastián Piñera.

Os mineiros, que estão em boas condições de saúde, recebem diariamente alimentos energéticos para aumentar sua força.

* Com AFP e Reuters

    Leia tudo sobre: chilemineirosmineiros presosminaresgate de mineiros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG