pacto de sangue contra ocupantes do Iraque - Mundo - iG" /

Chefe radical Moqtada al-Sadr pede pacto de sangue contra ocupantes do Iraque

O chefe radical xiita iraquiano Moqtada Al-Sadr, que, segundo os Estados Unidos, se encontraria no Irã, pediu nesta sexta-feira a seus partidários que assinem um pacto de sangue para resistir ao ocupante.

AFP |

"Al-Sadr convoca os fiéis a assinar com seu sangue um juramento de fidelidade ao imã Mahdi", indica um comunicado lido durante a oração das sextas-feiras pelo xeque Assad al Naseri na mesquita de Kufa.

Ao assinar este pacto, "os fiéis se comprometem a resistir em todos os países muçulmanos e, especialmente no Iraque, militar e ideologicamente, aos ocupantes, colonizadores e ao pensamento laico ocidental", indica o texto.

"Eu me comprometo a considerar todos os muçulmanos, especialmente no Iraque, como meus irmãos e jamais atentar contra seu ssangue, seus bens e sua dignidade", acrescenta o texto lido na cidade xiita de Kufa.

A poderosa milícia de Al-Sadr, "o Exército de Mahdi", foi acusada em várias oportunidades de ser o autor de abusos contra os sunitas, principalmente em Bagdá.

Al-Sadr sempre se declarou contrário à ocupação americana no Iraque. No ano passado retirou seus ministros do governo iraquiano e seus deputados retiraram seu apoio ao primeiro-ministro Nuri al Maliki, a quem os partidários do líder xiita acusam de fazer o jogo dos Estados Unidos.

str/cn

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG