Chefe policial mexicano é assassinado perto da fronteira com EUA

Tijuana (México), 16 mai (EFE).- Um grupo de matadores contratados assassinou a tiros o chefe de Polícia da delegacia Mesa de Otay em Tijuana, Abel Salazar Armenta, na fronteira com os Estados Unidos, quando o agente ia para o trabalho, informaram fontes oficiais.

EFE |

Em comunicado, a Secretaria de Segurança Pública Municipal de Tijuana informou que o episódio aconteceu nesta madrugada, quando o oficial viajava em seu carro particular em direção aos escritórios da corporação policial.

As autoridades disseram que, segundo testemunhas, o carro de Salazar foi baleado por homens em outro veículo armados com fuzis automáticos. EFE dec/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG