Bagdá, 11 ago (EFE).- O general Ghani Al Qurashi, chefe da Polícia da província iraquiana de Diyala, palco de uma forte ofensiva contra partidários da Al Qaeda, foi afstado de seu cargo, informaram hoje fontes oficiais.

A destituição foi anunciada pelo governador da província, Auf Rahomi, para a agência de notícias independente "Vozes do Iraque", mas sem dar a conhecer as razões sobre sua substituição.

Em Diyala é registrada desde o final do mês passado uma forte ofensiva do Exército e da Polícia do Iraque contra militantes de agrupamentos iraquianos vinculadas à organização terrorista Al Qaeda, na qual participam cerca de 40.000 soldados.

Vários chefes policiais de outras províncias iraquianas foram cassados em seus cargos últimos meses por seus supostos vínculos com grupos radicais xiitas, especialmente o liderado pelo clérigo antiamericano Moqtada al-Sadr. EFE nq/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.