séria - Mundo - iG" /

Chefe militar dos EUA diz que situação no Afeganistão é séria

Washington, 23 ago (EFE).- O chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, almirante Mike Mullen, disse hoje que a situação no Afeganistão é séria e está se deteriorando, declarações que coincidem com um cada vez menor apoio popular ao conflito.

EFE |

"Disse isso durante os últimos dois anos", afirmou Mullen em entrevista à televisão americana.

O almirante acrescentou que "os insurgentes talibãs estão mais sofisticados em suas táticas".

Segundo Mullen, o novo comandante das forças americanas e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão, o general Stanley McChrystal, está perto de terminar sua avaliação da situação e entregará seu parecer nas próximas semanas.

"Atualmente, não tomou nenhuma decisão sobre pedir ou não tropas adicionais", afirmou.

"O que eu e o secretário de Defesa (americano, Robert Gates) lhe dissemos foi que avaliasse onde nos encontramos e nos falasse do que precisa", explicou Mullen.

Em sua opinião, os EUA precisarão investir vários anos para garantir a segurança no Afeganistão e preparar as forças do país para que a mantenham.

A última pesquisa conjunta do jornal "The Washington Post" e da rede de televisão "ABC" mostra que a maioria dos americanos acha que a guerra no Afeganistão não vale a pena e apenas 25% pensam que seria preciso enviar mais tropas ao país asiático. EFE tb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG