Chefe local da Al Qaeda é preso na Argélia

Argel, 1 fev (EFE).- A Forças Armadas argelinas informaram hoje que prenderam o chefe de uma brigada da organização terrorista Al Qaeda para o Magreb Islâmico (AQMI), Ben Touati Ali, foi detido há três dias na Cabília, no norte da Argélia.

EFE |

Ben Touati, conhecido como "Abou At-Tamim", dirigia "El Ansar", uma das brigadas mais importantes no organograma da AQMI e a melhor dotada em armamento e logística.

Sua captura aconteceu há três dias, durante uma operação de busca lançada pelo Exército nos montes de Yakouren, na província de Tizi Ouzou.

O Exército atuou após receber informação precisa sobre a presença de Abou At-Tamim na região, junto com alguns de seus colaboradores mais próximos.

Mas a imprensa local afirmou hoje que o chefe terrorista se entregou após a chamada à rendição feita recentemente por Fazem Hattab, fundador do Grupo Salafista para a Pregação e o Combate, o antecessor da AQMI.

Hattab, preso há meses, após depor as armas, pediu há duas semanas a seus antigos camaradas que cessassem as hostilidades porque nenhuma lei religiosa permite esse tipo de atos.

Abou At-Tamim, de 39 anos e original da cidade de Dellys. se uniu aos terroristas no final da década de 1990 e dirigia a brigada "El Ansar" desde 2006. EFE sk/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG