Tamanho do texto

Beirute, 22 abr (EFE).- O chefe do Parlamento libanês, Nabih Berri, adiou hoje pela 18ª vez a eleição de um novo presidente do país, mas, ao contrário das vezes anteriores, não fixou uma nova data, até que comece o diálogo entre libaneses.

Berri disse em seu comparecimento ao Parlamento que este diálogo "não pode ser imposto pelo leste nem pelo oeste", em referência às pressões dos países ocidentais e dos estados árabes para que seja eleito um novo chefe de Estado. EFE ks/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.