um dos chefes de segurança das Nações Unidas, o britânico David Veness, abandonará suas funções em conseqüência das falhas constatadas no atentado contra a ONU em dezembro passado em Argel, anunciou hoje o secretário-geral, Ban Ki-moon.

Em comunicado Ban indica que Veness, subsecretário-geral da ONU para a Segurança, havia dito "que estava disposto a assumir toda a responsabilidade pelas falhas no contexto do atentado terrorista cometido no dia 11 de dezembro de 2007 contra o prédio das Nações Unidas em Argel".

hc/ms/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.