Chefe de máfia italiana é detido graças ao Facebook

A polícia da Itália deteve nesta terça-feira Pasquale Manfredi, um dos 100 criminosos mais perigosos do país e apontado como um dos chefes da Ndrangheta, a máfia calabresa.

EFE |

A detenção só foi possível porque Manfredi costumava acessar sua página no Facebook de seu esconderijo. Para isso, ele usava um modem USB, cujo sinal foi interceptado pelas autoridades.

O mafioso, chefe do clã Nicósia-Manfredi, que controla a região de Isola Capo Rizzuto, em Crotone, estava foragido desde novembro de 2009. Ele é acusado de formação de quadrilha, homicídio, extorsão, tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

O mafioso foi detido em Isola Capo Rizzuto. Ele estava na casa que usava como esconderijo. Ao perceber que o local estava cercado pela polícia, tentou fugir pelo terraço, mas não conseguiu.

Os investigadores consideram Manfredi um "assassino perigoso" e o acusam de ter matado membros de clãs rivais.

Leia mais sobre Itália

    Leia tudo sobre: itália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG