Rahm Emanuel deve anunciar nos próximos dias candidatura à prefeitura de Chicago

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta sexta-feira que seu chefe de gabinete, Rahm Emanuel, renunciou ao cargo. Um dos principais nomes da equipe do presidente, ele será substituído por Pete Reuse, conselheiro de Obama há mais de seis anos.

Obama e Emanuel se abraçam após anúncio
AP
Obama e Emanuel se abraçam após anúncio
A notícia era tão esperada que o próprio Obama disse se tratar do anúncio "menos surpreendente de todos os tempos". O presidente disse que a notícia era, ao mesmo tempo, feliz e triste para a Casa Branca, e descreveu Emanuel, 50 anos, como alguém "único" e "extremamente qualificado".  "Não poderíamos ter conseguido tudo o que conseguimos sem a liderança dele", afirmou.

A expectativa é a de que Emanuel anuncie nos próximos dias sua candidatura ao cargo de prefeito de Chicago, onde nasceu.

A especulação sobre a candidatura começou em setembro, quando o atual prefeito de Chicago, Richard Daley, anunciou que não iria tentar se reeleger. Em abril, Emanuel disse que "não era segredo" sua vontade de concorrer ao cargo.

Emanuel é considerado um dos principais nomes da equipe de Obama, tendo desempenhado papel decisivo na escolha de praticamente todos os integrantes do gabinete e de outros membros importante da Casa Branca. Ele também participou ativamente da campanha para a aprovação da reforma da saúde, no início do ano, e em questões relativas ao conflito no Oriente Médio.

Ele foi assessor do ex-presidente Bill Clinton e também um firme aliado de Obama durante as primárias do partido Democrata. Politicamente, é considerado uma das estrelas em ascensão dentro do partido. É conhecido por sua liderança de estilo direto e, às vezes, rude, o que lhe rendeu o apelido de "Rahmbo".

Com BBC e AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.