Chefe de distrito e 4 policiais morrem em atentados no Afeganistão

Cabul, 14 fev (EFE).- Um chefe de distrito afegão e quatro policiais morreram devido à explosão de duas bombas na passagem do veículo onde viajavam no leste e no sul do país, informaram hoje à Agência Efe fontes oficiais.

EFE |

O chefe do distrito de Nadir Shah Kot, Zaman Sabari, foi ferido hoje na região de Khost devido à explosão de uma bomba que destruiu seu veículo, segundo o porta-voz da Polícia provincial, Wazir Pacha.

Sabari foi levado a um centro médico da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) na zona, mas morreu pouco depois, por causa dos ferimentos.

No ataque, também ficaram feridos dois guarda-costas e seu filho, segundo Pacha.

Além disso, em Kandahar, quatro agentes afegãos morreram por causa da colocação de uma bomba similar na passagem de seu comboio.

O chefe da Polícia de Kandahar, Matiullah Qateh, disse à Efe que o veículo ficou totalmente destruído devido à explosão.

As autoridades costumam atribuir este tipo de atentado à insurgência talibã, que tem seus principais redutos nas províncias do sul, mas que está ganhando influência em regiões do leste, como Khost. EFE lo-amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG