cantar vitória - Mundo - iG" /

Chefe das tropas americanas no Iraque diz que não poderá cantar vitória

Londres, 11 set (EFE).- O general David Petraeus, que deixará em breve o comando das forças americanas no Iraque, afirmou que não acredita que poderá cantar vitória nesse país.

EFE |

"Não é o tipo de guerra em que se toma uma colina, finca uma bandeira ali e depois volta para casa para participar de um desfile da vitória. Não se trata de uma guerra com um lema simplório", disse.

Em declarações à "BBC", Petraeus admitiu que os avanços conseguidos em matéria de segurança com os reforços enviados não são "irreversíveis", e disse que os Estados Unidos têm uma "longa luta" pela frente.

O militar afirmou que "ainda há muitas nuvens no horizonte", que podem se tornar problemas reais, mas se mostrou esperançoso de que o progresso conseguido seja algo "mais durável", embora a situação continue frágil.

Petraeus ainda disse que as tentativas da organização terrorista Al Qaeda de fazer crer que a jihad no Iraque caminha bem não são sinceras.

O general, que foi nomeado à frente do Comando Central dos Estados Unidos, de onde supervisionará também as operações no Afeganistão, disse que a retirada das tropas americanas das cidades iraquianas para meados do próximo ano é "factível".

No entanto, não confirmou os rumores que circulam em alguns meios de comunicação de que os EUA planejam retirar todos seus militares de Bagdá dentro de um ano, embora tenha reconhecido que se estuda a possibilidade de saíde de algumas cidades.

Sobre a guerra no Afeganistão, Petraeus afirmou que nem tudo foi como ele esperava e acrescentou que terá que tratar essa questão.

EFE jr/ab/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG