Chefe da polícia londrina renuncia por falta de apoio

LONDRES (Reuters) - O mais importante oficial da polícia britânica renunciou ao cargo nesta quinta-feira devido às críticas à sua liderança e ao modo como lidou com as investigações sobre casos suspeitos de terrorismo, incluindo a morte do brasileiro Jean Charles de Menezes. Ian Blair, de 55 anos, comissário da polícia metropolitana de Londres, disse que abandonará o posto 16 meses antes do término de seu contrato de cinco anos porque sente que não tem apoio suficiente, inclusive por parte do novo prefeito de Londres, Boris Johnson.

Reuters |

A decisão veio depois de meses de manchetes negativas nos jornais locais, principalmente devido ao caso Jean Charles, que foi morto pela polícia no metrô londrino, em julho de 2005, quando a capital estava em alerta devido aos ataques suicidas de duas semanas antes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG