O chefe do Movimento pela Mudança Democrática (MDC, oposição) Morgan Tsvangirai, cancelou uma viagem à África do Sul prevista para esta segunda-feira, mas efetuará uma visita ao Moçambique, informou seu porta-voz neste domingo.

"Infelizmente, outras reuniões apareceram", declarou à AFP George Sibotshiwe para explicar o cancelamento da viagem à África do Sul, onde Tsvangirai devia dar uma entrevista coletiva sobre a eleição presidencial no Zimbábue.

O chefe da oposição zimbabuana, que reivindica a vitória na eleição presidencial de 29 de março, participará de reuniões particulares no Moçambique, mas não deverá conceder entrevista coletiva, segundo a mesma fonte.

Tsvangirai irá provavelmente a Johanesburgo no fim de semana, acrescentou Sibotshiwe por telefone desde Bostuana, onde se encontra atualmente junto com o líder do MDC.

Morgan Tsvangirai participou sábado e domingo na Zâmbia de uma reunião de cúpula dos 14 países da África Austral dedicada à crise em seu país.

Quinze dias depois da eleição presidencial no Zimbábue, os resultados ainda são desconhecidos. Tsvaingirai reivindica a vitória, mas o partido no poder do presidente Robert Mugabe exige a organização de um segundo turno.

ag/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.