Chefe da Junta Militar visita pela primeira vez zonas atingidas por ciclone

Bangcoc, 18 mai (EFE).- O chefe da Junta Militar de Mianmar, general Than Shwe, abandonou seu bunker e viajou às áreas devastadas pelo ciclone Nargis, três semanas depois que a tempestade assolou o delta do rio Irrawaddy.

EFE |

Than Shwe visitou campos de refugiados em dois distritos de Yangun, Hlaing Thar Yar e Dagon, onde distribuiu material de emergência e conversou com algumas vítimas, informou neste domingo o diário oficial "New Light of Myanmar", que o regime usa para divulgar suas mensagens.

O periódico mostrou imagens do líder birmanês cumprimentando bebês e recebendo mostras de admiração e respeito dos desabrigados, no habitual exercício de propaganda orquestrado pelo Governo nos meios de comunicação.

Than Shwe, entrincheirado até ontem na nova capital levantada em Naypidaw, continua recusando falar com o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, que lhe escreveu várias cartas e o telefonou reiteradas ocasiões para tratar o assunto da chegada da assistência internacional. EFE fmg/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG