Nuakchott, 5 fev (EFE).- O general Mohammed Ould Abdelaziz, chefe da Junta Militar que dirige a Mauritânia desde o golpe de Estado de 2008, concorrerá às eleições presidenciais do país, informaram hoje à Agência Efe fontes ligadas ao líder mauritano.

Abdelaziz, que dirigiu o golpe que depôs o presidente Sidi Mohammed Ould Cheikh Abdallahi em agosto, anunciou aos ministros durante a reunião semanal do Governo que participará das eleições, previstas para 6 de junho. EFE mo/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.