Chefe da diplomacia defende coordenar ajuda da UE, mais que enviar militares

Bruxelas, 18 jan (EFE).- A alta representante para Política Externa e Segurança Comum da União Europeia (UE), Catherine Ashton, afirmou hoje que, mais que ajuda militar da Europa, a população do Haiti precisa de uma maior coordenação para que o apoio possa chegar às vítimas do terremoto.

EFE |

EFE rja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG