Bruxelas, 22 fev (EFE).- A chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Catherine Ashton, anunciou hoje que visitará o Haiti na semana que vem, já que o aeroporto de Porto Príncipe voltou a operar normalmente após o terremoto que devastou parte do território haitiano em 12 de janeiro.

A Alta Representante para a Política Externa da UE não viajou para o Haiti imediatamente após o terremoto. Criticada, respondeu dizendo que não fazia "turismo de catástrofes" e que uma visita ao país naquele momento só serviria para distrair os esforços da UE na preparação da ajuda e para "ocupar espaço no aeroporto".

A chefe da diplomacia comunitária explicou hoje que um dos objetivos de sua visita é mostrar "o apoio ao Governo e à população" do país caribenho.

"Temos que desenvolver algo similar ao Plano Marshall no Haiti", disse Ashton.

"É necessário estar perto do Governo para desenvolver um plano de longo prazo que seja eficiente para o país", destacou, ao lembrar a importância de acelerar a construção de refúgios antes da chegada da estação das chuvas no Haiti, no final de março. EFE lb/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.