O chefe da Cosa Nostra Giuseppe Graviano, que cumpre prisão perpétua na cadeia de Opera, em Milão, conseguiu o fim do regime penitenciário de incomunicabilidade, o conhecido regime 41 Bis, conhecido como prisão dura, segundo informou hoje seu advogado Gaetamo Giacobbe.

Segundo o advogado, Graviano foi beneficiado porque ele já cumpriu o prazo máximo permitido de "prisão dura", aplicado aos chefes das máfias presos para evitar que sigam administrando as atividades ilegais a partir da prisão.

A partir de agora, Graviano passará ao regime comum de prisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.