Chefe da Assembleia da ONU diz que saúde de Fidel é excelente

HAVANA (Reuters) - O presidente da Assembleia das Nações Unidas (ONU), Miguel DEscoto, se reuniu com o convalescente líder cubano Fidel Castro e disse que teremos Fidel por muito tempo, informou nesta quinta-feira um veículo da mídia cubana. A data do encontro não ficou imediatamente clara, mas segundo a agência estatal Prensa Latina, DEscoto garantiu que o estado de saúde de Castro é excelente. Deus escutou as orações de todos os revolucionários do mundo. Teremos Fidel por muito tempo, disse DEscoto à Prensa Latina.

Reuters |

Fidel, de 83 anos e afastado do poder por uma doença que o deixou à beira da morte, recebe frequentemente políticos e amigos no local não revelado onde se recupera.

O vídeo mais recente de Fidel, publicado no fim de agosto, o mostra conversando animadamente com um grupo de jovens advogados venezuelanos em visita à ilha.

Ele disse em um texto publicado nesta quinta-feira que se reuniu com o cineasta norte-americano Oliver Stone, mas não esclareceu quando nem como se produziu o encontro.

D'Escoto, um nicaraguense que foi chanceler do governo sandinista e que estará na ilha até sábado, disse à Prensa Latina que a reunião com Fidel foi "um presente de Deus".

"(D'Escoto) ressaltou hoje a excelente saúde física, espiritual e psicológica que constatou no líder da Revolução cubana, Fidel Castro", disse a agência cubana.

Fidel foi substituído no ano passado na Presidência de Cuba por seu irmão mais novo, o general Raúl Castro, e se mantém politicamente ativo escrevendo colunas na imprensa estatal e recebendo personalidades internacionais.

(Reportagem de Rosa Tania Valdés)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG